terça-feira, 23 de maio de 2006

O retomar do vicio

Deixei-o carro em Sintra, os senhores do petróleo não me deixam conduzir mais de 20 km por dia.

Assim, todos os dias viajo sem trânsito, sem poluir, sem IC 19, e ainda tenho 40 minutosx2 para ler, só vantagens....

Estou a acabar o Admirável Mundo Novo (pela terceira vez) e antes que comece a ler novamente o Rei dos Álamos (custou tanto), gostaria que deixassem por aqui uma ou duas sugestões de leitura, para o próximo mês de "Viagens na minha terra"...



Tks

12 comentários:

kolm disse...

Eu estou a ler “como aprender a cozinhar de uma vez por todas!!” do Manuel Luís Goucha.
Isto cada vez está pior... tenho que começar a andar de transportes publico para poupar e poder ir jantar todos os dias fora. Até eu já não aguento os meus cozinhados...

Isolamentos disse...

Harry Potter e a Pedra Filosofal.... eh eh eh! :)

Desinformador disse...

for whom the bells tolls de ernest heminghway, um dos meus preferidos de sempre...

e o subversivo millennium people de JG Ballard, o mesmo que escreveu o Crash, transposto para o cinema por Cronemberg.

um último, Asfixia de Chuck Palliuk, o autor de Clube de Combate... vale a pena!

debil mental disse...

"Materna doçura" de Possidónio Cachapa!!É o meu livro preferido, o meu escritor preferido e depois de ver a adaptação teatral parece que ainda gostei mais!Vale a pena, desde que tenhas a mente aberta:)*

kuka disse...

Podes ler a lista telefónica Nacional.É barata e todos os anos tens uma nova.lol!

Jigoku disse...

Bem... visto que estás no Huxley, já deves concerteza ter lido também o "1984" de George Orwell. Se não, não vás mais longe. Quem lê um tem de ler o outro, para complemento.

Caso já tenhas lido, posso sugerir-te o "De Profundis" de Oscar Wilde. É o que eu ando a ler agora.

Ou então... não sei... ele há tantos... Jack Kerouac também gosto, li recentemente o Kundera e tb gostei muito, tens o Jorge Luis Borges.

Enfim... nunca mais daqui saíamos.

Beijinhos.

PS - Terapia auditiva? Manda para kin_samsa@gmail.com. Eu bem que me parecia que o meu prémio se tinha extraviado, mas afinal não. :))

Rosa disse...

Hummm... Pequenas Infâmias, Carmen Posadas. Como ser bom, Nick Hornby. Não são novinhos a estrear, mas são um "must" :)
E já que alguém falou aí de Possidónio Cachapa, O mar por cima.

mariadarosa disse...

qualquer dia faço o mesmo
começo a andar na mafrense :)

Gosto das histórias rápidas do pedro paixão

:)

Jigoku disse...

king_samsa@gmail.com

esqueci-me do g de kinG... e eu quero o meu prémio, pois que nunca ganhei nada, lol.

:))

AMAFAS disse...

Se te quiseres divertir ao mesmo tempo que lês, indico O Código Stravinci (não sei se leste a minha costela de Marcelo lá pelo Profi Trolls). É uma sátira ao Código Da Vinci - e bem boa, garanto.

Resultado, fui ver o Código Da Vinci com a patroa ao cinema e foi terrível. Passámos o tempo a rir (a patroa também leu), relembrando sempre os gozos do Stravinci ao Da Vinci.

Vale bastante a pena, nem que seja para desopilar.

Jigoku disse...

bolas, a terceira há-de ser de vez:
king.samsa@gmail, assim é q está bem. perdoa esta confusão, mas a minha cabeça n é grande coisa e raramente uso essa caixa de mail. podes tb tentar p king_samsa@sapo.pt, mas julgo que n dá.

outra coisa, a sugestão de Pequenas Infâmias, por Carmen Posadas é 100% apoiada por mim. adorei também, embora n conheça mais nada da autora. mas o mencionado devorei-o. e lê-se muito bem.

senão, deixa lá ver... hum... (pensa pensa)... já sei. experimenta o Paul Auster e Inventar a Solidão. um dos livros que me fez despertar para uma leitura mais assídua. digere-se bastante bem e tem muito conteúdo para apreender.

beijinhos, menina das meias giras.

ps - tenho um place novo, mas nos blogs do sapo. se quiseres lá passar, http://jigoku.blogs.sapo.pt

Palavra disse...

O Admiravel Mundo Novo é um excelente livro! Recomendo também a "Ira dos Anjos" e "As Areias do Tempo" de Sidney Sheldon.. são um tipo de literatura mais clássica, mas muito divertida..