quinta-feira, 9 de fevereiro de 2006

Coisas de sempre, para sempre..

Ontem passei novamente pelo colo dos meus pais, na esperança de saber notícias do meu Pópó, que para não variar ainda está e vai estar no Sr Doutor, dos carros.

Estive a dar uma vista de olhos, no computador deles e, tal menina mimada e babada decidi mostrar-lhes o meu blog.....

Muita lágrima, muita saudade dos que já partiram, muito amor dos que cá estão, as gargalhadas de sempre sobre o baú de familia, o acabar de frases lidas em voz alta, (sim!! as castanhas fazem piolhos), o sentir porque é que os amo tanto, porque são especiais, porque sabemos tudo uns dos outros e não esquecemos por mais que o tempo passe...porque somos familia.....

No fim a minha mãe disse que ainda faltava uma história........ a da troca das botas ortopédicas.....qualquer dia destes eu conto, é uma promessa......

8 comentários:

Isolamentos disse...

...sente-se a harmonia e descalçam-se as botas (ortopédicas ou não). como se isso se pudesse sentir. :)

Isolamentos disse...

ps: se pagares bem, eu passo o molho do pato pelo resto do chão...ou então, raspo o chão todo "à la pata". não precisamos de máquinas e maquinetas!!

rspiff disse...

Eu pensei em imprimir e mostrar uma certa história ao meu pai. Mas não sei se vou ter coragem...

Luís disse...

irei para o resto da vida sentir um certo ciume de relações com os pais como a que tu tens... sempre vivi separado deles, e por muito amor que exista entre nós, já nada poderá minimizar a perda em termos de intimidade que a separação nos causou. Claro que jamais teria coragem de lhes mostrar o que escrevo.Aliás, qq pessoa que passe 1 hora a ler no SR fica a saber mais de mim que a minha mãe.

É triste mas é a minha realidade. Desculpa hj n trazer um comentário de brincar

Desinformador disse...

as mães têm/lembram-se sempre de mais uma história...

bom dia e hasta luego

kolm disse...

Finalmente estou de volta. Apesar de ser só por metade, o que interessa é que pelo menos arranjei uma horinha para andar por aqui...
Como te tinha prometido, deixei um comentário em todos os post que escreveste na minha ausência. Podem-te parecer evasivos, mas esgotei para os próximos dias a minha fonte de pensar em profundidade (ou não). Se ecos ouvires lá para aqueles lados, não te assustes... acredita que sou eu...

Sentiste o estranho vento morno que se levantou ontem por lá? Senti-o na face. E fiquei ali de pé não sei por quanto tempo... Sei porque veio, mas preferi inventar uma louca história qualquer... onde tu também entravas... com uma família muito fofinha... a tua...

Bom fim de semana

Flor disse...

Linda essa relação!!
beijo grnde e bom fim de semana

AMAFAS disse...

Engraçado, os meus consideram, o Profi Trolls algo próprio de quem tem tempo a mais. São pontos de vista parentais. Prefiro o dos teus...

bjs