terça-feira, 29 de novembro de 2005

A minha casa...e os monstros

Gosto de morar ao pé do mar, ter um quintal no pinhal onde nas manhãs de sábado vejo os meus gatos treparem as arvores atrás uns dos outros….ou de me deitar no chão coma certeza de que o meu cão me vem lamber a cara a procura de atenção……só não gosto quando em noites de trovoada em que o barulho é tanto e tão medonho, que posso jurar que os monstros do pinhal estão todos à espreitar à janela do meu quarto, à espera que eu faça o mais pequeno movimento, para me fazerem aquelas coisas que os monstros fazem as pessoas que tem medo de monstros.....
mas eu já sou crescida e tenho o meu cão sempre a entrar pela janela cada vez que troveja, não sei se para me protejer a mim ou a ele....

5 comentários:

kolm disse...

Eu também gostava de morar ao pé do mar.
Poder escolher um cantinho junto de uma escarpa para o mar e ficar ali sentada a olhar o horizonte, poder dormir na praia e pisar a areia sempre que me apetecesses.
Cheirar a humidade fresca que vem do monte da lua, e vislumbrar o jogo de verdes depois de uma tempestade. E ficar ali, confraternizar com duendes e fadas que dão as boas vindas a quem passa... como que faz troça.

Kiau Liang disse...

Não sejas tola, o mar mora perto de quem tem um alma como a tua e sabes disso tão bem como eu. Vai connosco para tudo o lado, apesar de morar onde moro não o vou visitar todos os dias, mas sabe bem antes de fechar os olhos, no silencio da noite ouvi-lo a cantar baixinha até eu adormecer...

Vodka e Valium 10 disse...

O meu alentejo, traído, tão longe do mar. O meu alentejo seco e triste.

Sempre ouvi que as pessoas que nascem ao pé do mar a ele têm que regressar com frequência. Gosto da água, muito, sinto-a quase como se fosse também o meu meio.
Mas não sinto essa necessidade.

Kiau Liang disse...

Não sei se é uma necessidade de sentir apenas o mar, mas a mesma necessidade que tens em sentir o teu alentejo, algo a que chamamos raizes, ou casa.....ou sensações de casa......como estar na cidade ao abandono do ser, durante a madrugada....

Desinformador disse...

the spooky lady wind, only shows up on stormy nights...