quinta-feira, 1 de março de 2007

...( )....

Se estivesses por perto (e sei que estás), estarias a dizer-me:

"Vá lá... não doeu assim tanto pois não?"

...e eu, a tua sempre menina, diria:

"oh!! doeu tanto, avô!" ....

Mas desta vez doi mesmo, doi a saudade do teu cheiro, do teu colo, do teu sorriso, e fazes-me falta, tanta. Saudades de de dar a mão, e de sentir que o mundo em ti, é fácil...

Obrigada pelo amor, por me teres ensinado o meu melhor sorriso...

Disseste:
"Boa Noite e até amanhã"....

Digo-te hoje, que as despedidas só contam, para quem realmente se separa.... não para nós, nem na duração de uma noite...

7 comentários:

maria da rosa disse...

Saudade até que é bom ... melhor que caminhar sózinho ...

(exerto da musica do caetano veloso)

Ana Rita disse...

Gosto muito muito das saudades. Sinto-as como uma marca que fica em nós. Quanto maior são as saudades maior a marca que algyém deixou em nós!
Um abraço fechado daqueles que aquecem a alma. *

Rosa disse...

Eu também gosto de recordar com saudade... com saudade e alegria.

Nuno West disse...

Um beijo e ombro sempre aqui...

rspiff disse...

:-)

Menina disse...

Como te entendo querida! Sinto-o igual! :) Beijo e abraço apertadinho

Kiau Liang disse...

maria da rosa:

de facto bem melhor, há saudade é porque foi bom!!!

ana rita:

Lá está!!

rosa:

Fica apenas o bom...

nuno:

em breve sem lamentações :)

rspif:

:)

menina:

tks..