sexta-feira, 21 de julho de 2006

Em lágrimas........lentamente a vê-lo morrer.....

Fez me companhia durante os últimos dois meses, depois de o meu fiel telemóvel ter sido raptado por extraterrestres uma noite no bairro alto [digo extraterrestres, porque limitou-se a desaparecer sem mais nem menos da minha mala....em apenas 15 minutos, usei,....guardei,...15 minutos depois...puff].

Desde quinta-feira que deixou de dar sinal de bateria em carga ou seja desde quinta-feira que se recusa a carregar.....mantive a esperança que fosse apenas o indicador tivesse avariado (ou a bateria, ou o carregador)..mas não....desde ontem que tenho vindo a reparar que o indicador de carga está lentamente a ficar mais próximo da indicação de bateria descarregada, ou vazia.....

Uma vez descarregada a bateria, será impossível ligá-lo, pois ele recusa a energia que seria vital para a sua recuperação, nada me resta fazer se não aguardar em agonia, esta espécie de lenta eutanásia, esta morte anunciada...estou desolada....

Mas há quem diga que eu quero mesmo é comprar um novo..... nestas coisas das mortes há sempre uma lingua podre a falar mal dos bons sentimentos e intenções dos outros..... Que morra em paz...e quando eu não precisar dele..........
Logo agora que eu o ia trocar pelo da minha mãe...Raios!!!!!!!
O óbito ocorreu às 17:35 de sexta feira......

3 comentários:

S. disse...

não fiques assim, o mais importante são os bons momentos que passaram juntos eheh :p

debil mental disse...

:D Como diz a minha avó "todos os problemas do mundo fossem esse!"
(Tenho andado pouco por estes lados...Ainda há exames:|)**

Rosa disse...

Dois meses? Ainda és mais rápida que qu a "matá-los"! :D