quinta-feira, 12 de outubro de 2006

Isolamentos....

Decidi arranjar dois empregos para ocupar tempo, ocupar cabeça, e ocupar conta bancária, e assim tem sido nas últimas duas semanas, trabalho, trabalho, trabalho.

Das 9:30 às 18:30, e logo de seguida das 19:00, até a cabeça aguentar. (a cabeça, as pernas, os olhos, as mãos, etc.).

Com um horário tão flexível, não tenho tempo para estar com as pessoas que me fazem falta, chego a casa tarde e já não há forma de arranjar ânimo para sair (ou com quem, aquela hora já está tudo de pantufas e comando na mão no sofá). A única forma que vou tendo de "estar", é através de Messenger, e de email, e telefonemas.

Assim os meus abraços, beijos, gritos, e desesperos têm vindo e (ido) em forma de pixeis, asteriscos, gritos de Casps Lock, expressões mais ou menos estereotipadas, e afins, e quase todas as pessoas que conheço se transformaram em smiles amarelos, mais ou menos expressivos.
E eu tenho medo de um dia destes acordar, olhar no espelho da casa de banho e ver uma enorme bola amarela com uns olhitos ensonados, a caminho do banho.

7 comentários:

S. disse...

Para ocupar a conta bancária até entendo mas quanto ao ocuptar tempo e a cabeça não. Não tem razão de ser.
Em relação ao resto do texto compreendo-te perfeitamente e foi talvez por isso que me afastei um pouco do msn por ser um modo vicioso e incrivelmente facil de manter relações que é insubstituivel do relacionamento pessoal e "tangivel".
Em relação à tua frase deu-me para rir apesar de o contexto em si não ter muita piada.
















(e só agora vi o novo post)

Desinformador disse...

depois de ler isto, e ter revisto ontem à noite o Fight Club, lembrei-me imediatamente do smiley no prédio em chamas...

marta r disse...

Realmente, é um risco grande esse... Vale a pena o esforço?

gnoveva disse...

e funciona!

há uma frase bestial que diz assim: vive de forma a que a tua presença não seja notada, mas que a tua ausência seja sentida.

:)

x-prep disse...

Ag imagina-me a mim e aos meus pesadelos por andar há mais de 10 anos em 2 empregos! Sobretudo porque a minha relação com o messenger é muito mais afastada que a tua!:p

Deixo mais um smile pa ti:-)

Mir disse...

Como te compreendo. Eu só tenho emprego, mas por alguma razão lhe chamo "convento"... conclusão infeliz: mais vale um smile no computador que estar limitado aos humores dos colegas de trabalho (por mais que se goste deles)!

Rosa disse...

Só se for mesmo, mesmo necessário, miúda. Porque engordares a conta bancária para depois gastares tudo em terapias anti-stress, não serve de nada!