sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Operação STOP



Nunca fui brilhante a escrever ou partilhar as minhas desmotivações, prefiro guarda-las para não ter de confrontar opiniões que muitas vezes acho desnecessárias e desinteressantes, digo isto mesmo correndo o risco de parecer arrogante.

Mas a verdade é que me sinto desinteressada pelo que me rodeia, e esta é a grande reflexão que vou tendo todos os dias, em forma de balanço ao deitar a cabeça na almofada ou no braço do sofá.
Os dias correm iguais, com as mesmas ideias, a mesma luz, as mesmas conversas, as mesmas desculpas, estagnei as reações.

O esforço feito para combater a apatia é nulo, aliás é pouco expressivo, estou emocionalmente apatica. Trabalho a dobrar, durante o dia para o patrão e nas outras horas vou desenvolvendo mini projectos em que me aplico imenso, para depois guardar tudo na gaveta das coisas adiadas, com a desculpa que não era suficientemente bom, sempre preferindo não me mostrar, a ser regeitada....

Preciso de arriscar, de ir para lá ou para cá.... estou a paralizar...

sem querer dar por isso...

10 comentários:

Eu disse...

Tou farto de te dizer para arriscares.. e de nao guardares os tais projectos ''na gaveta''
Acredita mais em ti..
Os génios tambem falham.. mas é com os ''falhanços'' que se tornam geniais..

gnoveva disse...

o que eu acho piada é sempre que fazes um comentário no meu blogue chamares má e negativa e depois seres exactamente igual.
bem que isto comprova a minha teoria.

Anónimo disse...

Caga e segue,,,, como diz - eu disse - "Os génios tambem falham"... ès linda(digo eu), ao fim de tantos anos de te conhecer e de as nossas vidas terem tomado outro rumo... gosto de passar por aqui e ler os teus pensamentos... Segue caga em tudo e sê feliz....

s. disse...

um dia escrevi: a indecisão corrói. depois arrisquei*











(muda o regeitada por favor. sim eu sei, eu tenho mau feitio)

miak disse...

Há muitos de nós assim...

FES disse...

operação STOP, heim?
Quando alguém fala em operação STOP na estrada, todas as outras pessoas tentam descobrir outros caminhos para fugirem dela, mas nunca ficam em casa à espera que ela acabe.
Nunca temos a certeza que o caminho que vamos seguir não terá outra operação e até podemos ter tudo em ordem, mas o medo de a apanhar é maior do que qualquer outra coisa.
Por isso não te preocupes que com esta operação STOP (só) levas o reconhecimento de que o teu trabalho valeu a pena.

E nós estamos cá para te apoiar! :D

Edelweiss disse...

como te entendo:)

Rosa disse...

Fazendo um daqueles comentários que não interessam minimamente a ninguém, mas que ainda assim é a mais pura verdade: como eu te compreendo.

mir disse...

ui...

banana disse...

ouvi dizer que te decidiste a arricar!
a mim tb me apetecia mudar e olha... agora estou mais perto de ti algumas horas do que quando estavamos a alguns graus de longitude mais abaixo ;) (isto se já apanhaste o avião)
Boa sorte!