terça-feira, 13 de fevereiro de 2007

A grande mentira

Devia ter os meus orgulhosos seis anos, muito muito seguros de mim, e na altura qualquer discussão sobre lápis de cor, desenhos animados, ou quem brinca com quem no recreio, começava sempre com um moderado debate, passando rapidamente à distribuição de caneladas, derivadas ao meu mau feitio ou à minha impulsividade.

Fiz a primária num externato, em que uma boa parte dos meus colegas tinham pais com as mais variadas profissões e cargos, ora os meus pais são e eram pessoas modestas que trabalhavam para me dar a melhor educação possível.
Sempre adorei o meu pai, e ainda no jardim-escola achava que o respeitável senhor era o homem mais alto do mundo, é compreensível, visto a altura não ser uma das minhas maiores qualidades.

Já na primária, e tendo uma professora muito má com aproximadamente 1.80m, rapidamente percebi que a altura do meu pai não iria ser um bom argumento a usar. Quando se tratava de comparar os pais, a discussão era normalmente acesa, e naturalmente como a necessidade aguça o engenho, as discussões sobre, "o meu pai é isto, e o teu é aquilo", fizeram-me chegar rapidamente à melhor e maior mentira do mundo...

Os argumentos dos colegas eram sempre coisas como:
"O meu pai trabalha num banco!"
"O meu pai trabalha num jornal"
"O meu pai é militar"
"O meu pai levou-me a Benidorm"(se eu na altura soubesse onde era Benidorm tinha me rido!!!)

Esta alminha tanto ouviu, que um dia resolveu que o melhor pai do mundo tinha de ter a melhor profissão do mundo...

O MEU PAI É DONO DO JARDIM ZOOLÓGICO E SE ME CHATEIAM MUITO EU TRAGO CÁ OS TIGRES, PARA VOS COMER!!!!

...... a inocência é uma coisa maravilhosa, e o argumento valeu por umas horas de total respeito e admiração (e até algum medo) pelo menos até contarem à professora a maravilhosa notícia que o pai da kiau era dono do jardim zoológico... o resto, a parte do castigo e da conversa com a respectiva encarregada de educação, e mulher do dono do jardim zoológico, não preciso de contar aqui....

7 comentários:

Ana Rita disse...

lol! Que história linda! :)
Era tão bom que essa inocência não desaparecesse... :)

Mir disse...

:D história linda!

Do meu pai aminha professora só perguntava à minha mãe se ele nunca tirava a gravata; acontecesse o que acontecesse a gravata nunca faltava quando eu tinha de desenhar o meu pai...

Menina da Lua disse...

O meu pai não era dono do zoo, mas a minha mãe foi chamada ao infantário porque a professora estava-se a passar com os meus desenhos. Só fazia gatas grávidas! :) ah, e também era adepta das caneladas! Beijoca à filha do dono do zoo

kuka disse...

E porque não disseste ao teu pai para mandar os tigres à escola? A queixinhas da professora precisava de apanhar um susto!

gnoveva disse...

mentirosaaaaaaa!!

Danielsan disse...

ahaaahah

E o meu pai foi o primeiro surfista em todó Portugal

nucha disse...

As tuas historias de infancia sao sempre fascinantes:)...
Quero mais, quero mais!!Beijitos...